sábado, 17 de março de 2012

Como estudar para vestibular II

                                                                       fonte:campe.com.br

   Além dos métodos e técnicas de estudo algo muito importante na hora de prestar um vestibular ou concurso é fazer o que a maioria das pessoas não fazem: ler o edital.
   Quantas pessoas "perdem" a prova por não se atentar a detalhes que são especificados nos editais e manuais. Infelizmente é uma prática facilmente verificada quando paramos para analisar quantas vezes ao comprar um produto novo paramos para ler o manual de instruções. As vezes não temos problemas, mas em outras situações eles podem acontecer como o famoso 110 ou 220v.
   Bom retomando a dica para o estudo quero falar sobre algo chamado planejamento estratégico de estudo. Nada mais é que o direcionamento racional e programado dos seus estudos, mas que para dar certo você deve ter conhecimento do sistema de pontuação de sua prova.

  Vamos ver uma hipótese:

1 - Supondo que uma determinada prova seja composta por três matérias A, B e C:

1.1. Eu faço a leitura do edital(importante) e verifico que a nota será a média aritmética entre as três notas sendo que A e B tem peso 2 enquanto C tem peso 1. Isso significa que A+B equivalem a 80% da nota enquanto C equivale a 20% da nota.

1.2. Isso significa que vou me matar de estudar a matéria C? Claro que não. Verifico quantas horas por dia posso me dedicar ao estudo e procuro distribuir o tempo de estudo de acordo com essa importância. Com isso você não deixa de estudar a matéria C pois alguns pontos a mais ajudam no final, mas você não deve gastar tanto tempo com uma matéria que tenha menor peso sobre a nota final.

1.3. Em alguns casos é possível uma postura até mais agressiva só que mais arriscada. Nesse caso você precisa fazer um levantamento das últimas notas de corte para ter uma idéia da exigência da da nota da prova para a aprovação. Depois você verifica as matérias que tem mais facilidade e a possibilidade de acertar o minimo nas demais. No exemplo acima, supondo que a média de aprovação das provas anteriores foi de 40% e você tem mais facilidade nas matérias A e C que equivalem a praticamente 50% da nota você pode dedicar menos tempo para estudar a matéria B, pois sempre temos as questões consideradas"galinha morta" que ajudam na composição da nota final. Somente deve-se ter o cuidado em relação a provas que exigem um minimo de acerto por matéria.

   Espero que a postagem ajude em seus estudos e traga novas possibilidades, pois cada um deve adaptar o sistema às suas necessidades. E por gentileza façam comentários sobre a postagens, dúvidas e até assuntos que tenham interesse. Já passei em vestibulares como Fuvest, concursos públicos da Vunesp, então já estive dos dois lados e sei das dificuldades por isso minha intenção é ajudar aquelas pessoas que são persistentes e batalhadoras.

   Sucesso. 

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Passando em Vestibular e Concursos

                               fonte:http://culinaria.culturamix.com/receitas/lanches/sanduiche-de-metro

 Retomando um tema muito importante para a vida da maioria dos seres humanos como já havia prometido em postagem anterior passarei a discorrer sobre métodos de estudo e dicas que farão com que aqueles que desejam alcançar seu objetivo tenham uma nova perspectiva.

  Hoje irei abordar o método do "lanche de metro" ou para quem gosta de nome técnico, da visão geral com posterior abordagem especifica. Mas antes de entrar nessa técnica é importante saber que concurso e vestibular não se estuda pra passar, mas se estuda até passar!!! E não seja teimoso, mas persistente e inteligente, tenha sempre um plano A, B, C e D, pois inda que você não passe direto para aquilo que você almeja se lembre que exitem diversos caminhos para o mesmo objetivo.

  Por exemplo, aqui em São Paulo existe a APMBB, Escola de Oficiais, conheci um rapaz que tinha o sonho de ser oficial mas sua idade já havia ultrapassado o limite de idade de 26 anos, mas ele sabia que pra quem já era Soldado não havia limite de idade para prestar a APMBB, então, como o limite de idade para prestar o concurso de Soldados era de 30 anos e ele tinha 29 anos, ele prestou e passou, e enquanto ele ainda estava no curso de formação de Soldado ele prestou APMBB e passou.

  Bom retomando o método do "lanche de metro":

  Como comer um "lanche de metro"?

1- Você precisa ter ao menos uma idéia geral do tamanho dele, então você tem que dar uma olhada geral nela desde ao começo até o final. Da mesma forma um conteúdo muito extenso e desconhecido deve ser explorado com um estudo geral, nada aprofundado, para que você entenda do que se trata e comece a se familiarizar com a matéria. Leia com bastante atenção e tente ja ir intenalizando algumas informações gerais.

2- Você deve cortá-lo em pedaços menores para que você consiga mastigar. Depois que você ja conseguiu compreender de maneira geral do que se trata, divida dentro das matérias pontos a serem estudados com uma atenção maior, um pouco mais aprofundado, e lembre-se exercicios de fixação não tem esse nome porque alguém achou legal, mas porque são fundamentais para fixar o conhecimento adquirido.

  Quanto aos métodos de cortá-lo em pedaços menores nas proximas postagens irei comentar algumas formas de se organizar.

  Outra dica, cuidado durante aos aulas, quando o professor explicar evite de colocar o que você entendeu , mas reproduza as palavras do professor porque depois de alguns dias você pode não se lembrar ao certo o que havia entendido (isso já aconteceu e perdi tempo tentando lembrar) e cuidado também com códigos, as vezes ele confundem.

  Bons estudos.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Como estudar para vestibular

                    fonte:http://1.bp.blogspot.com/_YxBXiQS8yuE/TSH5OBf69aI/AAAAAAAAAxQ/49E2ca1T6IY/s1600/estudar.gif   
Quem nunca enfrentou uma prova? Mesmo que durante o período escolar, concurso público ou no vestibular todos estamos sujeitos a aquele "friozinho" na barriga e um misto de ansiedade e expectativa. Bom, o sucesso em toda e qualquer prova depende de vários fatores e não apenas do estudo, mas nesse momento irei comentar sobre algumas experiências que adquiri tanto em concursos públicos como no temeroso vestibular.
    Bom seguem algumas dicas:
1 - Faça do seu estudo um hábito: tudo o que fazemos por habito fazemos com facilidade, assim no inicio a determinação e persistenciaê fará com que você prossiga nos estudos até que se torne um hábito estudar;
2- Não espere o edital para começar a estudar: não seja um aventureiro que descobre o concurso e resolve estudar em cima da hora. Os editais costumam mudar muito pouco de um ano para o outro e ainda que mudem existem matérias gerais como matemática e português que a maioria dos concursos exigem.
3- Faça do seu estudo um emprego: se você ainda não está trabalhando leve os horários definidos para o estudo a sério tal como se você estivesse em um emprego, respeite intervalos de descanso(em um emprego você faria isso);
4- Mantenha seu estudo constante: sabemos que para cada concurso ou vestibular há um nível de conhecimento exigido, ainda que você não passe na primeira vez a continuidade de estudo fará com que você alcance o nível exigido para tal, respeite seus limites, cada um tem o seu momento para conquistar aquilo que busca, seja persistente e não teimoso;
5- Tenha uma boa noite de sono: a fadiga compromete o ritmo de aprendizado, cuidado com os excessos, deixe as noitadas para o fim de semana.

   Essas são algumas dicas gerais que serão complementadas. Além delas posteriormente irei abordar o tema especifico quanto aos métodos de estudo.
Lembre-se: " você somente irá chegar onde seu pensamento chegar primeiro."

Bons Estudos

domingo, 27 de março de 2011

Manual de Sobrevivência

         Fonte: http://4.bp.blogspot.com/_Lj85ivTaeKY/S43DiGqE3_I/AAAAAAAACe8/Y8qMWYayAWA/s400/dois-caminhos1.jpg

 Acho que antes de qualquer coisa no inicio de um blog o texto que dará inicio ao trabalho a ser desenvolvido deve esclarecer os objetivos principais de quem escreve. Algumas pessoas utilizam o blog para desabafar, outras para expressar suas opiniões ou para compartilhar conhecimento e talvez nessa categoria eu me enquadre.
Assim, meu objetivo é compartilhar experiências com pessoas que estejam enfrentando o problema de ter que se mudar para uma cidade "grande", enfrentando os primeiros passos da vida adulta, a distância dos familiares e o desejo de prosperar.
Espero que com os textos que irei publicar, ao menos uma vez por semana, pessoas que se encontram nessa situação ou que estão próximos dessa situação (vestibulandos) possam ter um "Manual de Sobrevivência em uma terra estranha" e assim alcancem seus objetivos sem serem tragados pelas armadilhas que as mudanças bruscas trazem consigo.